sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Bernard Nathanson

1926-2011

Esta semana faleceu o autor confesso e arrependido da morte de 75.000 seres humanos inocentes e indefesos. Não sabemos quantas vidas ele salvou depois de se arrepender, mas a sua confissão, revelação das mentiras e estratégia usada pelos movimentos abortistas para legalizar a matança, bem como os dois documentários sobre o aborto que protagonizou; irão perdurar no tempo como factos contra os quais nenhuma pessoa consciente pode argumentar. Depois de assistir à confissão de Nathanson e dos seus documentários, uma pessoa só pode continuar a apoiar a legalização do aborto se decidir conscientemente ignorar a verdade. Bernard Nathansson converteu-se à vida e posteriormente ao catolicismo. Tal como São Paulo, Nathanson passou de perseguidor a defensor dos perseguidos. Paz à sua alma.


Caindo por terra, ouviu uma voz que lhe dizia: «Saulo, Saulo, porque me persegues?» Ele perguntou: «Quem és Tu, Senhor?» Respondeu: «Eu sou Jesus, a quem tu persegues.







Sem comentários:

Publicar um comentário

Se vai comentar para defender a legalização do aborto veja primeiro este video. Caso mantenha a decisão de comentar para apoiar a legalização da matança dos fracos e inocentes, escusa de perder tempo. O seu comentário não será publicado.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...