terça-feira, 26 de julho de 2011

Exorcizando os abortuários

Fonte

Esta é uma história interessante que mostra o valor dos nossos padres e a necessidade da oração na nossa guerra espiritual. Faz-nos perguntar o que aconteceria se o Bispo comissionasse estes padres para orações a tempo inteiro.

O que se reporta a seguir baseia-se no que se encontra presente na "Catholic Online":

E como pregarão, se não forem enviados? como está escrito: Quão formosos são os pés dos que anunciam a paz, dos que anunciam coisas boas! (Rom 10:15).
De acordo com a tradição, as respostas típicas dos demónios durante um exorcismo incluem linguagem desagradável, referências a perversões sexuais, mentiras e blasfémias profusas.



Do mesmo modo, as orações usadas contra um abortuário em "Northern Illinois Women Center" (Rockford) provocaram esse mesmo tipo de reacções por parte dos operários pró-matança e os activistas dentro das instalações.

“Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os príncipes das trevas”.

A sua revulsão por algo tão santo como um padre Católico é evidente através do que eles mostram nas janelas: freiras num caixão [nada demonstra melhor quem é o espírito por trás do aborcionismo que o desejo de matar Cristãos], uma galinha de borracha numa forca e uma imagem do Senhor Jesus que diz "Até Jesus vos odeia."

O mais maravilhoso desta batalha decorrente é que o número de abortos foi reduzido para metade desde que o Poder Espiritual do Senhor Jesus foi libertado através das orações destes padres. (Os mesmos já oram nas redondezas desde 2008.) Pelo menos os aborcionistas culpam as orações dos padres e as orações especiais da Igreja pela redução de bebés mortos.

Nesta 6ª Feira passada alguém de dentro do edifício exibiu um sinal (em reacção às orações dum padre e um seminarista) que dizia "Vão-se F.... Seus Padres Pervertidos". Estes Católicos suportaram insultos pessoais e vandalismo nos seus veículos. Um dos padres viu o seu carro a ser atacado com ovos, e outro descobriu um sinal no seu carro que dizia "Eu violo crianças".

Outro sinal manuscrito exibido de forma bem visível perto da entrada principal da "clínica" dizia "Parem os Pervertidos Padres Católicos de Violar Rapazes". Segundo a "lógica" dos aborcionistas, abusar sexualmente de crianças é condenável, mas matá-las já não é.

Os padres permanecem em vigília de oração debaixo de todo o tipo de condições meteorológicas, com os sobretudos abertos de modo a que as mulheres que buscam matar os seus filhos se apercebam que um padre, com a sua flamejante batina, está presente.

Invocando o Inigualável Poder do Senhor Jesus Cristo, através da Igreja, eles fazem o sinal da Santa Cruz e oram para que abortuário - e toda a Terra - seja purificada do mal que envolve e impele o aborto.

Vitórias Maravilhosas.

O abortuário de Rockford odeia e ataca os padres desta forma maldosa porque eles, bem como todos os padres e outras pessoas envolvidas no movimento pela defesa da vida, já foram usados pelo Senhor Jesus para salvar incontáveis vidas e almas.

Quando eles iniciaram as vigílias, foi reportado que os conselheiros pró-vida nas imediações notaram: 1) um declínio dramático no número de mães que se dirigem à "clínica", 2) um aumento de mães que escolhem a vida mesmo nas imediações do abortuário, e 3) a correlação destas mudanças com o início dos sinais blasfemos vindos de dentro.

Conclusão:

A resposta nesta "clínica" de matança tem sido particularmente virulenta mas os padres encontram-se a orar nas imediações delas todas através do ministério "Padres pela Vida" - onde padres e paróquias uniram-se contra abortuários específicos.

Vêr também: As 10 coisas que os abortistas mais temem

Sem comentários:

Publicar um comentário

Se vai comentar para defender a legalização do aborto veja primeiro este video. Caso mantenha a decisão de comentar para apoiar a legalização da matança dos fracos e inocentes, escusa de perder tempo. O seu comentário não será publicado.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...