quarta-feira, 15 de junho de 2011

Peter Hitchens vaiado por declarar a ineficiência da educação sexual esquerdista

Um proeminente comentador dum jornal nacional foi vaiado pela audiência da BBC quando este avisou que o aumento do modelo de "educação sexual" que a Inglaterra está a usar só vai aumentar as DSTs e a gravidez de menores.

Peter Hitchens disse que o problema da sexualização começou quando a Grã-Bretanha abandonou a sua herança Cristã e tornou-se numa sociedade pós-Lady Chatterley, onde a sexualidade é como "jogar ténis" - algo que as pessoas fazem apenas pelo prazer.

As suas palavras foram a resposta a uma pergunta que surgiu devido à uma reportagem publicada há alguns dias. Essa reportagem levanta preocupações sobre a crescente sexualização das crianças.

Mais tarde Hitchens defendeu as suas palavras no seu blogue, mantendo que a sociedade era largamente contida até aos anos 60, altura em que uma minoria activa e persuasiva exigiu mudança.

Ele escreveu:

É perfeitamente razoável sugerir que a sexualização das crianças é a consequência disso. É inegável que material explícito e sexualmente carregado é emitido pelas rádios, TVs e pela internet.

Quanto à educação sexual, a maior parte dela centra-se em superar as inibições dos alunos em torno daquilo que muitos deles justificadamente consideram privado ou embaraçoso.

É perfeitamente razoável descrever isto como uma forma de remover a inocência daqueles que são expostos [a esta educação sexual].

Eis aqui o vídeo:



Peter Hitchens não disse, mas não é por acaso que as "medidas" da "educação sexual" tem os efeitos contrários àqueles que supostamente eram para ter. Isso não acontece por falta de empenho dos professores/indoutrinadores, mas sim porque essas aulas possuem propósitos que não nos são totalmente revelados.

Para vêr quais são esses propósitos basta olhar para os principais grupos por trás desta "educação sexual": aborcionistas e activistas homossexuais.

Às primeiras interessa-lhes que haja mais promiscuidade uma vez que mulheres promiscuas são mais susceptíveis de ter uma gravidez não planeada, e - desde logo - sentir que a forma de "resolver" a questão é matar o bebé.

Aos activistas sodomitas interessa-lhes perverter as noções de certo em errado (no que toca à sexualidade) como forma de impedir que os valores morais da maioria dos pais se enraíze na mente das crianças. Nas suas próprias palavras:

O objectivo [dos activistas homossexuais] é atingir as crianças antes delas absorverem os valores morais dos pais.
As aulas de "educação sexual" esquerdista estão a ter os resultados que os seus engenheiros desejavam. Que pena que muitas pessoas ainda não se aperceberam disso.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Se vai comentar para defender a legalização do aborto veja primeiro este video. Caso mantenha a decisão de comentar para apoiar a legalização da matança dos fracos e inocentes, escusa de perder tempo. O seu comentário não será publicado.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...