sábado, 26 de novembro de 2011

Bebé salvo depois de pais assistiram a "180"

25 de Novembro de 2011 (LifeSiteNews.com)

Enquanto o filme pró-vida "180" continua a atrair um número cada vez maior de visionamentos, o seu criador, Ray Comfort, anunciou que o filme está a fazer algo algo mais do que a mudança de opinião das pessoas sobre o aborto: está a salvar vidas.

"Recebemos a informação de que outro bebé não-nascido foi salvo, por uma grávida e o seu namorado terem assistido a "180", anunciou Comfort, acrescentando que o casal deixou de ser "pró-escolha" em resultado dos argumentos convincentes apresentados no filme.

O video pró-vida, que adopta uma analogia entre o horror do holocausto durante a II Guerra Mundial contra os judeus, e a actual guerra contra a vida humana no útero, ultrapassou 1, 64 milhões de visionamentos no Youtube.

Uma mensagem ao produtor do filme relatou que uma jovem mulher, depois de terminar a relação com o seu namorado, descobriu que estava grávida. Esta mensagem, escrita por uma amiga da jovem, confirma o impacto que o filme tem causado nas grávidas.

" Ambos viram esse filme e agora estão seguramente convictos de não irão abortar. Ela diz que a rapariga loura do filme a fez compreender realmente que seria errado assassinar assim uma criança."

Depois de verem o filme e de ouvirem o batimento cardíaco do bebé durante uma ecografia, a jovem mãe optou pela vida. Ela e o seu namorado decidiram então que vão educar a criança juntos.

"Obrigado por ter realizado este convincente filme e por aquilo que este fez para mudar os corações e as mentes de tantas pessoas, sobretudo pelo apelo ao Evangelho que torna tudo tão diferente, pelo tempo e pela eternidade" escreveu a amiga da jovem mãe a Comfort.

Comfort diz estar grato por "uma vez mais o Senhor ter usado Alicia [ entrevistada em "180 ] a ajudar a mudar o coração de outros".
___________________

Comentário:

Pergunta a  que todo o defensor da legalização de abortos, "pró-escolha", deve responder a si mesmo:


Não é errado matar um bebé no útero quando...?

Sem comentários:

Publicar um comentário

Se vai comentar para defender a legalização do aborto veja primeiro este video. Caso mantenha a decisão de comentar para apoiar a legalização da matança dos fracos e inocentes, escusa de perder tempo. O seu comentário não será publicado.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...