sábado, 21 de maio de 2011

"Apaixonei-me pelo meu filho mesmo antes dele nascer"

Stacey Solomon, cantora em ascensão da televisão britânica e a mãe de um pequeno rapaz de 3 anos, conta como estava "apaixonada" pelo filho antes dele nascer.

Mas tal como ela revelou numa entrevista publicada na Quinta-Feira, a mensagem dominante enviada às adolescentes britânicas quase que a convenceram de que abortar Zach (o filho) seria a escolha "responsável".

Eu pensei, 'Se és jovem e engravidas, tens que fazer um aborto'.
Stacey relembra na sua auto-biografia o quão doloroso foi revisitar essa altura da vida.
Pensamos que o aborto é como uma bomba de gasolina, um lugar onde tu vais para ter o que precisas e depois vais-te embora. Mas depois chegamos lá.

Quando eles te descrevem o que eles fazem, pensas logo 'Nem pensar'.

Nunca julgarei uma pessoa por decidir fazer isso, mas eu nunca poderia suportar tal pensamento.

(Neste post estão listados alguns dos instrumentos da morte usados pelos assassinos aborcionistas.)

Actualmente, a Stacey Solomon saboreia a sua relação com Zach - algo que ela afirma ter aumentado durante uma viagem até ao Malawi quando ela se encontrou com mães que perderam os seus filhos.

[O Zach] é sem dúvida a minha maior conquista e eu amo-o mais do que outra coisa qualquer. A viagem [ao Malawi] fez com que eu apreciasse mais ainda o quão precioso ele é.

Lembro-me da altura em que eu estava grávida do Zach: apaixonei-me por ele mesmo antes dele nascer.

Stacey observa que a actividade sexual precoce trouxe-lhe mais do que ela pensava. Ela lembra que ninguém lhe avisou das dores de parto antes dela começar a ter relações sexuais.
Se a minha mãe me tivesse falado [das dores de parto], eu nunca me aproximaria dum rapaz.
Solomon diz também que espera um dia ter muitos filhos.
Eu quero mesmo ter uma grande família.... No entanto, não sei quem é que os vai dar à luz! Eu sinceramente, não quero.
Fonte

Sem comentários:

Publicar um comentário

Se vai comentar para defender a legalização do aborto veja primeiro este video. Caso mantenha a decisão de comentar para apoiar a legalização da matança dos fracos e inocentes, escusa de perder tempo. O seu comentário não será publicado.

ShareThis

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...